Fique bem informado com o JCN:

Geral

“Até agora, parece que não caiu a ficha” diz pai do menino Diogo

Publicado

em

Foto: Jornal Canguçu Notícia

Nos últimos dias uma onda de solidariedade tomou conta de Canguçu. Uma pequena campanha nas redes sociais para arrecadar fundos para pagar o tratamento de uma criança com doença rara comoveu a cidade e, desde então, cada canguçuense tem dado a sua parcela de participação.

Tudo começou a duas semanas atrás, quando os pais do pequeno Diogo Zarnot, de apenas 1 ano e nove meses ficaram sabendo do diagnóstico: Atrofia Muscular Espinal (AME) do tipo 2.

A doença é grave, rara e degenerativa. Afetando os neurônios da medula espinhal e do tronco cerebral, a doença passa a limitar os movimentos do corpo. A origem é genética e não há cura. O agravante é que ela avança com o passar do tempo e o único medicamento capaz de atrasar esse avanço da atrofia não é vendido no Brasil e o Sistema Único de Saúde (SUS) não fornece o remédio..

Para conseguir comprar pelo menos uma dose do medicamento, a família precisa arrecadar R$ 318 mil. Determinados, os  pais do menino, Darleni Schroedere e Edison Zarnot iniciaram uma campanha para arrecadar fundos para 1 ano de tratamento.

“Nos sentimos arrasados. E ficamos apavorados quando soubemos o valor da dosagem. A gente não sabia o que fazer. Não tínhamos condições financeiras. […] Até agora, parece que ainda não caiu a ficha.” — explicou o pai, comovido.

Os pais do menino ingressaram com um pedido na Justiça para que o Sistema Único de Saúde fornecesse o medicamento, mas ainda não havia nada concreto. O processo ainda tramita e a família decidiu iniciar uma campanha.

Não demorou muito até que a surpresa viesse: um grande número de pessoas da cidade e do interior dispostas a ajudar o filho a arrecadar dinheiro para comprar as seis doses, necessárias para o primeiro ano de tratamento.

“Muita gente ligou querendo organizar shows, rifas e eventos. Não imaginamos que a comunidade fosse se comover tanto e nos ajudar como tem feito. Nos orientaram a iniciar o tratamento o quanto antes, para evitar que outra parte do corpo começasse a atrofiar”

O pai argumentou que muitas pessoas ficaram desconfiadas no início: “Não é para nós esse dinheiro. É para o Diogo, uma criança de um ano e nove meses. A gente não quer que aconteça nada mas […] não tem sido fácil, sabe?”

Zarnot estima que foram espalhados pontos de coletas em cerca de 90% dos comércios de  Canguçu. Entre eles, estão mercados, lojas, farmácias e postos de combustíveis. Além disso, algumas das empresas ofereceram atrativos para quem fizesse uma doação, como o sorteio de brindes e produtos. Os pontos de coleta foram espalhados até mesmo no interior.

Em muitos comércios e lojas, cartazes foram fixados para atrair a atenção dos consumidores para a iniciativa. Além disso, adesivos com a pergunta “Eu já doei, e você?” foram confeccionados e vendidos por R$ 5 para aumentar mais as doações;

“Tem gente doando cavalos crioulos para para fazer um leilão virtual. Estamos vendo a comoção do pessoal. Todos estão com a gente. Não conseguimos nem responder todas as mensagens até agora.”

Até a manhã de quinta-feira, a família havia arrecadado R$ 35 mil. Enquanto a campanha não alcança o valor necessário para o início do tratamento, Diogo faz fisioterapia, conforme orientação médica. Segundo os pais, há uma esperança de que no futuro ele possa recuperar o movimento das pernas.

AJUDE A FAMÍLIA DE DIOGO:

WhatsApp: (53) 9-8431-2380 – (53) 9-8416-0019
Instagram: https://www.instagram.com/ameodiogo

CONTAS BANCÁRIAS PARA DOAÇÕES:
BANRISUL
Agência: 0167
Conta Poupança: 39.066.720.0-6
CPF: 054.791.620-55
Diogo Schroeder Zarnot

BANCO DO BRASIL
Agência: 0617-3
Variação: 51
Conta Poupança: 17.481-5
CPF: 767.495.410-20
Darleni Schroeder Zarnot

Geral

1º Fórum do PRODEL acontece nesta sexta no Clube Harmonia

Publicado

em

Foto: Prodel

Completando um ano de atividade no município, o Programa de Desenvolvimento Econômico Local (PRODEL), convida a comunidade para o 1º Fórum do PRODEL no dia 22 de novembro das 18h às 22h no Clube Harmonia, a fim de abordar o trabalho que vem sendo feito pelo Programa no município.

Entre as atividades previstas, estão as palestras de Andreas Dohle sobre “Relatos de Desenvolvimento Essen Alemanha – DEL Brasil”, Katharina Habersbrunner Kurz Deutsch especialista alemã abordando “Energias renováveis” e Diogo Henemann Vereador Licenciado e Secretário de Assistência Social, Habitação e Participação Popular que desenvolverá questões sobre “Integração Intersetorial para o desenvolvimento”.

O evento é realizado pelo Programa de Desenvolvimento Econômico Local (PRODEL), Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (FACISC), Federação de Entidades Empresariais do Rio Grande do Sul (FEDERASUL), Prefeitura Municipal de Canguçu, Câmara Municipal de Canguçu, Associação Comercial de Canguçu (ACICAN) e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).

Confira a programação prevista para o Fórum Del Canguçu:

18h15min – credenciamento, degustação de produtos locais e apresentações artísticas;
18h45min – abertura;
19h – apresentações dos cases das Câmaras Técnicas e Palestras;
21h50min – encerramento;


Continue Lendo

Destaques da Semana

Copyright © 2019 — Jornal Canguçu Notícia LTDA