Fique bem informado com o JCN:

Saúde

Canguçuense precisa de ajuda para manter custos com tratamento de Câncer de Mama

Publicado

em

Foto: Facebook/Reprodução

A família da canguçuense Luciane Aparecida dos Santos Ferreira está realizando uma vakinha virtual para arrecadar fundos para ajudar a custear o tratamento do câncer de mama.

Aos 35 anos e mãe de cinco filhos, Luciane Ferreira luta contra um câncer agressivo há pelo menos 4 anos e já passou por 2 cirurgias para a remoção de uma das mamas que estava totalmente afetada pela doença.

Um período depois da remoção, a mulher recebeu a notícia de que o tumor havia retornado, e agora passa por sessões de quimioterapia para tentar frear a doença, antes de retirar a outra mama que acabou sendo comprometida pela doença.

O desafio se tornou ainda maior com a gestação, que precisa de um cuidado a mais no tratamento, já que não pode fazer uso de alguns medicamentos por serem fortes e pelo risco prejudicar a saúde de seu bebê. A irmã, que morava no Paraná, precisou se mudar para Canguçu para ajudar no tratamento e nos cuidados com os outros filhos.

Viviane pede a ajuda de todos para auxiliar no tratamento da irmã que precisa de remédios contra este câncer que tem enfrentado. É possível colaborar com qualquer valor através do site vakinha.com.br, clicando aqui.

Saúde

Com mais de R$ 930 mil arrecadados, Diogo Zarnot termina primeira etapa do tratamento

Publicado

em

Foto: Instagram/Reprodução

Nesta terça-feira (15), o pequeno Diogo Zarnot recebe a 4ª dose do medicamento Spinraza e conclui a primeira etapa do tratamento para a Atrofia Muscular Espinhal (AME 2), no Hospital de Clínicas, em Porto Alegre.

De acordo com os pais, a família segue com a campanha para conseguir pagar os R$ 350 mil adquiridos através de um empréstimo. A campanha solidária, movida pela comunidade canguçuense, que já completa mais de 7 meses, conseguiu arrecadar cerca de R$ 936 mil.

O valor não foi o suficiente para pagar totalmente a compra das 4 primeiras doses, e o empréstimo se fez necessário, devido a necessidade e urgência do tratamento.

De acordo com a mãe do menino, Darleni Zarnot, o Sistema único de Saúde (SUS) estabeleceu o prazo de até 24 de outubro para disponibilizar o restante do tratamento para o menino. A família está otimista com a garantia para poder dar continuidade ao tratamento.

Continue Lendo

Destaques da Semana

Copyright © 2019 — Jornal Canguçu Notícia LTDA