Fique bem informado com o JCN:

Saúde

Canguçuenses pedem doações para conseguir manter tratamento de menino com tuberculose

Publicado

em

Foto: Facebook/Reprodução

A canguçuense Berenice Duarte está pedindo doações de alimentos, fraldas e roupas. Desde a última semana, seu irmão José Maicom Saraiva Flor está internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital São Francisco de Paula, em Pelotas.

Segundo a irmã, José foi diagnosticado com tuberculose depois de muitas idas e vindas ao hospital.

Berenice pede doações de fraldas geriátricas (tamanho M ou G), roupas masculinas tamanho 16, principalmente calças de abrigo e camisetas, e ajuda com a alimentação para quem está ficando de acompanhante com ele, pois o hospital não está fornecendo alimentação para o acompanhante.

Nós somos de canguçu e não conhecemos praticamente ninguém de Pelotas, então fica difícil termos alimentação e a compra de fraldas, pois estamos há alguns meses desempregados. Uma das minhas irmãs precisou deixar o serviço pra nos ajudar a cuidar do Maicon. — explica Berenice.

A família também pede ajuda de quem puder oferecer caronas até o hospital. “Trocamos de acompanhante a cada 5 dias e tudo isso gera custos que não temos como arcar no momento”. explica Berenice.

As doações podem ser entregues diretamente no Hospital São Francisco de Paula, quarto 409, no leito 2.

Saúde

Canguçuense precisa de ajuda para manter custos com tratamento de Câncer de Mama

Publicado

em

Foto: Facebook/Reprodução

A família da canguçuense Luciane Aparecida dos Santos Ferreira está realizando uma vakinha virtual para arrecadar fundos para ajudar a custear o tratamento do câncer de mama.

Aos 35 anos e mãe de cinco filhos, Luciane Ferreira luta contra um câncer agressivo há pelo menos 4 anos e já passou por 2 cirurgias para a remoção de uma das mamas que estava totalmente afetada pela doença.

Um período depois da remoção, a mulher recebeu a notícia de que o tumor havia retornado, e agora passa por sessões de quimioterapia para tentar frear a doença, antes de retirar a outra mama que acabou sendo comprometida pela doença.

O desafio se tornou ainda maior com a gestação, que precisa de um cuidado a mais no tratamento, já que não pode fazer uso de alguns medicamentos por serem fortes e pelo risco prejudicar a saúde de seu bebê. A irmã, que morava no Paraná, precisou se mudar para Canguçu para ajudar no tratamento e nos cuidados com os outros filhos.

Viviane pede a ajuda de todos para auxiliar no tratamento da irmã que precisa de remédios contra este câncer que tem enfrentado. É possível colaborar com qualquer valor através do site vakinha.com.br, clicando aqui.

Continue Lendo

Destaques da Semana

Copyright © 2019 — Jornal Canguçu Notícia LTDA