Fique bem informado com o JCN:

Política

Movimento contra o reajuste do IPTU entrará com novo Projeto de Emenda na Câmara

Publicado

em

A petição precisa de mais de 2 mil assinaturas para entrar na Câmara.
Foto: Jornal Canguçu Notícia/Reprodução

Nesta quinta-feira (7), foi anunciado mais um Projeto de Iniciativa de Emenda Popular para tentar alterar o reajuste do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) aprovado pelo Legislativo em agosto do ano passado.

Em um grupo no aplicativo de mensagens Whatsapp, as pessoas que se sentiram prejudicadas pelo novo cálculo se mobilizaram para uma nova tentativa na Câmara. O grupo discute ações e mobiliza os usuários para recolher as 2 mil assinaturas necessárias.

O documento propõe a alteração das alíquotas do IPTU da Zona Fiscal 1 (centro) para 0,3%, Zona Fiscal 2 (arredores do centro) para 0,2% e Zona Fiscal 3 (bairros) para 0,1%. Para os terrenos é proposto que, independente da zona fiscal, seja aplicado 0,5% para o cálculo. 

Atualmente a alíquota é de 0,7% para a zona 1, 0,5% para a zona 2 e 0,3% para a zona 3. A nova proposta prevê também que todos os benefícios de descontos sejam estendidos até dia 28 de junho de 2019, com todos os seus benefícios.

No dia 28 de janeiro, um Projeto de Lei de Iniciativa Popular organizado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para barrar o reajuste foi reprovado na Câmara. A petição teve mais de 5 mil assinaturas.
LOCAIS DE ASSINATURA
O documento pode ser encontrado em pontos de coleta, como a loja Baterias Pereira, o Escritório GP, o Sindicato dos Municiparios de Canguçu (SIMCA) e a Câmara de Vereadores.

Além disso, é possível baixar o documento e imprimir clicando aqui. É necessário informar o nome completo e o título de eleitor para assinar a petição.

Governo

Eliézer Timm é o novo Secretário de Saúde do Município

Publicado

em

Foto: Prefeitura/Reprodução

Na última sexta-feira (9), a secretária de saúde Miriam Neutzling (MDB), anunciou em uma entrevista que estava entregando a pasta da saúde para assumir, em caráter definitivo, a gestão do Hospital de Caridade de Canguçu (HCC).

Míriam respondia pela secretaria de saúde e pelo hospital desde o afastamento do gestor da instituição Gabriel Andina, nas últimas semanas;

Na tarde desta terça-feira (13), a Administração Municipal confirmou a assinatura de um decreto que nomeia o chefe de gabinete Eliézer Jorge Timm como secretário de saúde interino.

Timm já era apontado como um dos possíveis nomes para assumir a pasta, além do vereador e líder do governo Luciano Bertinetti (MDB). A Administração Municipal explicou que Eliézer responderá pelo cargo de o chefe de gabinete e temporariamente pela pasta da saúde.

CONHEÇA MELHOR ELIÉZER TIMM

Eliézer nasceu em 26 de abril de 1991 no município de Canguçu. É administrador, possui formação em Coaching e análise comportamental pelo Instituto Brasileiro de Coaching IBC.

Também possui certificado profissional CPA 10 pela AMBIMA. É ex- funcionário da cooperativa Sicredi e atuou como facilitador do Senac no Programa Senac de Gratuidade, que oferece cursos de formação profissional de forma gratuita.

Continue Lendo
Publicidade
”GaudinosBurgers”/
”GSSinuelo”/
Publicidade
”Whatsapp”/

Destaques da Semana

Copyright © 2019 — Jornal Canguçu Notícia LTDA