Fique bem informado com o JCN:

Saúde

Município já registrou pelo menos 6 casos suspeitos de H1N1

Publicado

em

Vacinas se esgotaram no começo da tarde no Município.

No começo da tarde desta segunda, um leitor informou a redação do Jornal Canguçu Notícia que, em consulta no Pronto Socorro percebeu que os profissionais estão utilizando máscaras para o atendimento.

Dos seis, quatro já tiveram resultado negativo, enquanto outros dois aguardam resultado. O número foi levantado pelo gestor do Hospital de Caridade, Gabriel Andina.

Na noite de domingo, uma fonte segura do Jornal Canguçu Notícia confirmou que mais um caso foi transferido para o Pronto Socorro de Pelotas com suspeita de H1N1.

A mesma fonte afirmou que, um dos casos suspeitos, não se enquadrava dentro dos grupos de risco. Em entrevista, o gestor da casa de saúde avaliou que a suspeita era de pneumonia viral. “Não há confirmação que seja H1N1”, explicou Andina.

— O médico plantonista tomou as medidas de precaução necessárias nesses casos, que é o uso de máscaras para todos que entrassem em contato com o paciente. — afirmou o gestor, em entrevista.

VACINAS ESGOTADAS

No começo da tarde, a Prefeitura de Canguçu anunciou que as doses restantes da campanha nacional de vacinação contra a gripe haviam se esgotado.

As 3 mil doses que haviam na rede municipal foram todas aplicadas durante a manhã. Na metade da manhã, a fila para vacinação no Posto Central de Saúde virava o quarteirão.

Segundo informações da Prefeitura, a Secretaria de Saúde já solicitou novas doses, mas não sabe se será atendida. Até o momento, Canguçu imunizou 92% do grupo prioritário, tendo um dos melhores índices da Região Sul.

Continue Lendo
Publicidade

Saúde

Novo contrato do Estado com o Hospital de Caridade tem valor fixado em R$ 6,7 milhões por ano

Publicado

em

Hospital de Caridade de Canguçu. Foto: Canguçu Notícia
Foto: Jornal Canguçu Notícia

Foi assinado nesta quarta-feira (17/7), na Secretaria da Saúde (SES), em Porto Alegre, o novo contrato do governo do Estado com o Hospital de Caridade de Canguçu. O acordo prevê repasse anual de R$ 6,7 milhões para a entidade prestar serviços pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Desse total, R$ 1,045 milhão são de recursos estaduais. O novo documento, em comparação ao contrato que estava vigente até então, inclui um incentivo federal de R$ 154 mil mensais e mais parcela única de R$ 150 mil, proveniente de emendas parlamentares.

Foto: Marília Bissigo / Ascom SES

Assinaram o contrato a secretária da Saúde, Arita Bergmann, e o prefeito de Canguçu, Vinicius Pegoraro, o vereador Luciano Bertinetti e o gestor da instituição Gabriel Andina. Também estiveram presentes os deputados estaduais Fábio Branco e Pedro Pereira.

No contrato está prevista a oferta de alta e média complexidade em procedimentos cirúrgicos e ambulatoriais, partos, exames por imagem, atendimentos de urgência e emergência, e outros serviços.

O Hospital de Caridade de Canguçu tem 114 leitos, dos quais 96 são oferecidos por meio do SUS. Entre as especialidades abrangidas, esão neurocirurgia, cirurgia geral, clínica geral, saúde mental, Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) adulto, obstetrícia cirúrgica e clínica, pediatria clínica e psiquiatria.

Com informações da assessoria de imprensa

Continue Lendo
Publicidade
”GaudinosBurgers”/
”GSSinuelo”/
Publicidade
”Whatsapp”/

Destaques da Semana

Copyright © 2019 — Jornal Canguçu Notícia LTDA