Fique bem informado com o JCN:

Saúde

“O HCC está preparado para lidar com casos de H1N1” diz gestor

Publicado

em

Foto: Jornal Canguçu Notícia

Nos últimos dias, a comunidade canguçuense ficou apreensiva com os casos suspeitos de gripe H1N1. No começo da tarde desta segunda, todas as 3 mil doses de vacinas do Município se esgotaram.

O gestor do Hospital de Caridade de Canguçu, Gabriel Andina explicou que Canguçu já registrou seis casos suspeitos do vírus. Deste número, quatro já tiveram resultado negativo, enquanto outros dois aguardam resultado.

Na noite de domingo, uma fonte segura do Jornal Canguçu Notícia confirmou que mais um caso foi transferido para o Pronto Socorro de Pelotas com suspeita de H1N1.

A mesma fonte afirmou que, um dos casos suspeitos, não se enquadrava dentro dos grupos de risco. Em entrevista, o gestor da casa de saúde avaliou que a suspeita era de pneumonia viral. “Não há confirmação que seja H1N1”, explicou Andina.

O médico plantonista tomou as medidas de precaução necessárias nesses casos, que é o uso de máscaras para todos que entrassem em contato com o paciente. — afirmou o gestor, em entrevista.

Segundo o gestor, após a transferência do paciente o leito foi higienizado conforme normas técnicas.

O HCC está preparado para lidar com eventuais casos de H1N1. Seguimos todas as normas técnicas necessárias para não colocar os pacientes em risco. — explica Andina.

Embora a gestão da casa de saúde defenda que, até o momento nenhum caso foi confirmado, os médicos e técnicos da instituição estão inseguros com a possibilidade de um surto.

Algumas medidas foram tomadas nos últimos dias, como a adoção da máscara de proteção respiratória e, o pedido de que o acompanhante aguarde a consulta do paciente no saguão de espera do Pronto Socorro Municipal.

SINTOMAS

Os sintomas da gripe H1N1 são semelhantes aos causados pelos vírus de outras gripes. No entanto, requer cuidados especiais a pessoa que apresentar: Febre alta, acima de 38ºC, 39ºC, de início repentino; Dor muscular, de cabeça, de garganta e nas articulações; Irritação nos olhos; Tosse; Coriza; Cansaço; Inapetência; Vômitos e Diarreia.

Saúde

Com mais de R$ 930 mil arrecadados, Diogo Zarnot termina primeira etapa do tratamento

Publicado

em

Foto: Instagram/Reprodução

Nesta terça-feira (15), o pequeno Diogo Zarnot recebe a 4ª dose do medicamento Spinraza e conclui a primeira etapa do tratamento para a Atrofia Muscular Espinhal (AME 2), no Hospital de Clínicas, em Porto Alegre.

De acordo com os pais, a família segue com a campanha para conseguir pagar os R$ 350 mil adquiridos através de um empréstimo. A campanha solidária, movida pela comunidade canguçuense, que já completa mais de 7 meses, conseguiu arrecadar cerca de R$ 936 mil.

O valor não foi o suficiente para pagar totalmente a compra das 4 primeiras doses, e o empréstimo se fez necessário, devido a necessidade e urgência do tratamento.

De acordo com a mãe do menino, Darleni Zarnot, o Sistema único de Saúde (SUS) estabeleceu o prazo de até 24 de outubro para disponibilizar o restante do tratamento para o menino. A família está otimista com a garantia para poder dar continuidade ao tratamento.

Continue Lendo
Publicidade
”GaudinosBurgers”/
”GSSinuelo”/
Publicidade
”Whatsapp”/

Destaques da Semana

Copyright © 2019 — Jornal Canguçu Notícia LTDA