Fique bem informado com o JCN:

Segurança

Polícia prende 3 suspeitos de tentar assassinar pai e filho no Assentamento União

Publicado

em

Foto: Polícia Civil/Reprodução

Na manhã desta sexta-feira (10), a Polícia Civil prendeu preventivamente três pessoas suspeitas pela tentativa de homicídio praticada contra pai e filho no dia 09 de abril, no Assentamento União, no 5º Distrito.

Segundo a Delegada Lisiane Mattarredona, as vítimas eram vizinhas dos investigados e estavam sendo coagidas e ameaçadas por eles.

No dia em que ocorreu a tentativa de homicídio, de acordo com o relato dos envolvidos, o filho foi atingido brutalmente por socos e chutes enquanto o pai era esfaqueado.

Ambos precisaram ser socorridos e hospitalizados. Segundo os policiais, os suspeitos possuem diversos antecedentes, um deles por tentativa de homicídio com disparos de arma de fogo.

com informações da Polícia Civil

Segurança

Projeto quer possibilitar aplicação de recursos municipais em Segurança Pública

Publicado

em

Foto: Jornal Canguçu Notícia

Está tramitando na Câmara um projeto de lei que busca possibilitar a aplicação de recursos municipais em órgãos da segurança pública, geridos pelo Estado e pela União, como Brigada Militar, Polícia Civil e Bombeiros.

O projeto apresentado pelo vereador Rodinha, da bancada do PT, propõe um convênio de parceria entre a Prefeitura e o Conselho Comunitário Pró Segurança Pública de Canguçu – RS (CONSEPRO), visando o repasse de recursos financeiros, contribuindo com a ampliação e eficiência dos Órgãos de Segurança Pública no Município, como a Polícia Civil.

— Frequentemente se houve dizer que “Segurança é responsabilidade do Estado”, mas na prática percebe-se que não é bem assim, principalmente em razão da difícil situação financeira vivida pelo Estado, que destina recursos inferiores a necessidade dos órgãos. Não podemos ficar inertes, enquanto ente Público, quando há a necessidade de colaboração para que se obtenha um sistema de segurança pública mais eficaz. — explica Rodinha.

O documento regra ainda que, se firmado o convênio, os valores repassados ao CONSEPRO deverão ser utilizados somente pelos órgãos de Segurança Pública do Município, de acordo com a justificativa e o plano de trabalho. Para receber os recursos, o Conselho deverá adequar-se às regras estabelecidas pela Lei Federal nº 13.019/14 (Lei do Marco Regulatório) quanto aos procedimentos e prestação de contas.

— O benefício social do projeto é evidente, pois auxiliará a fortalecer a segurança do nosso Município, além de incentivar a permanência e a vinda de novos policiais de ambas as corporações. Nosso Município conta com poucos policiais para efetuar o patrulhamento e a segurança do nossa extensa área rural, tornando-se necessário ao Poder Público tomar medidas para que novos policiais venham prestar seus valorosos serviços aqui. — argumenta o vereador.

O projeto de lei está sendo estudado pela Comissão de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos e deverá ser levado ao Plenário nas próximas semanas. 

Informações: Assessoria de Imprensa da Câmara de Vereadores

Continue Lendo
Publicidade
”GaudinosBurgers”/
”GSSinuelo”/
Publicidade
”Whatsapp”/

Destaques da Semana

Copyright © 2019 — Jornal Canguçu Notícia LTDA