Fique bem informado com o JCN:

Segurança

Principal suspeito do crime, irmão de Jordana Müller é preso

Publicado

em

Foto: Polícia Civil/Reprodução

Na noite deste domingo (14), a Polícia Civil, através da Delegacia de Canguçu, prendeu um homem de 31 anos suspeito de matar a irmã a tiros na manhã do dia 10 de julho de 2019, no centro do município.

Segundo a delegada Walquiria Meder, o foragido, juntamente com seu defensor, apresentou-se na delegacia de Canguçu, local onde foi interrogado. Contra o suspeito havia mandado de prisão preventiva, cumprido pelo policiais civis e, após, este foi conduzido ao Presídio Estadual de Canguçu.

RELEMBRE O CASO

 Jordana Muller da Costa, de 37 anos, foi assassinada com dois tiros na nuca na última quarta-feira (10). Segundo a polícia, Jordana era cadeirante e vivia em Santa Catarina. Ela estava em licença e vivia com o irmão mais novo no Rio Grande do Sul desde que a mãe deles faleceu, há cerca de seis meses.

Conforme relatos de pessoas próximas, os dois vinham se desentendendo por conta da divisão da herança da família.

A delegada Walquiria Meder, que investiga o caso, afirma que testemunhas ouviram os tiros e, depois, viram o suspeito fugindo do local. Uma arma registrada em seu nome foi encontrada no apartamento e encaminhada para perícia.

Segurança

Polícia Civil deflagra operação de combate a caça ilegal de animais

Publicado

em

Foto: Polícia Civil/Reprodução

Na terça-feira (3), a Polícia Civil realizou a 2º fase da Operação Bad Hunters (Caçadores maus) no combate ao crime de caça ilegal de animais silvestres em Piratini e Canguçu.

Na ação, foram cumpridos 4 mandados de busca, resultando na apreensão de onze armas de fogo, munições, celulares e carnes de animais abatidos.

com informações da Polícia Civil.

Continue Lendo

Destaques da Semana

Copyright © 2019 — Jornal Canguçu Notícia LTDA