Fique bem informado com o JCN:

Geral

Vídeo: Saiba como pedir o kit gratuito do governo pela internet para receber o sinal digital

Publicado

em

Até dezembro de 2018, mais de 1300 cidades do Brasil terão o sinal analógico de TV desligado e os canais abertos de televisão passarão a transmitir a programação exclusivamente pelo sinal digital, que transmite a programação com alta definição de imagem e som.

No dia 2 de dezembro de 2017, o padrão ISDB-T de TV digital completou 10 anos de operação no Brasil. Em fevereiro deste ano,  o sinal da TV analógica já havia sido desligado em mais de 500 cidades.

Segundo o site SEJA DIGITAL, criado conforme determinação da ANATEL, para orientar os usuários a migrarem para o sinal digital, o sinal analógico será desligado em Canguçu no dia 28 de novembro deste ano.

MELHORIAS GERAIS

Com a troca do sinal analógico pelo digital, os ruídos e interferências não acontecerão mais com tanta frequência,a imagem e o áudio serão de melhor qualidade e haverá maiores possibilidades de mobilidade e interatividade com a televisão.

O desligamento do sinal analógico irá liberar a faixa de 700MHz para que a oferta deinternet 4G possa ser expandida por todo o país, assim como melhorar a cobertura do sinal 4G em ambientes fechados.

 

KIT GRATUITO JÁ PODE SER SOLICITADO EM CANGUÇU

Destinado aos beneficiários de Programas Sociais do Governo Federal como Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Tarifa Social de Energia Elétrica e muitos outros, o kit gratuito é um pacote de equipamentos distribuídos gratuitamente pela Seja Digital para que famílias de baixa renda possam preparar suas residências para receber o sinal digital de TV.

O  kit é composto por uma antena UHF e um conversor, que após instalados, permitem que o aparelho de televisão antigo possa exibir a programação de TV transmitida pelo sinal digital.

A distribuição dos kits já começou em Canguçu. É possível solicitar o agendamento através do telefone 147 ou do site oficial do Seja Digital.

Canguçu Notícia preparou um pequeno vídeo explicativo sobre o procedimento de agendamento on-line. Para garantir o sigilo de nosso leitor, ocultamos sobrenomes, números de telefones e documentos.

Instruções:

1. Acesse: www.sejadigital.com.br
2. Na tela que surgir, informe seu NIS (Número de Identificação Social) ou CPF e clique no botão BUSCAR.
3. Cadastre um número de celular
4. Confirme o código recebido por SMS
5. Escolha o ponto de retirada mais próximo (Agência Correios Canguçu)
5. Escolha a data e a hora para a retirada do kit.

Geral

Canguçu deve receber mais policiais efetivos em agosto

Publicado

em

Foto: Rafael Silva/Correio do Povo

Com o objetivo de reduzir a criminalidade e de aumentar o efetivo de policiais militares e civis na região Sul do Estado, o deputado Pedro Pereira (PSDB) se reuniu nesta terça-feira (18), com o vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior e com a chefe da Polícia Civil, delegada Nadine Anflor, em Porto Alegre. Também participaram do encontro assessores técnicos da secretaria.

O parlamentar tucano explicou que em Canguçu, município com mais de 55 mil habitantes, existe uma defasagem extrema na Brigada Militar, já que além da atividade de policiamento ostensivo, os policiais ainda acumulam a atividade de guarda de presídio. Há uma central de vídeo monitoramento, mas a BM não tem efetivo para cuidar das câmeras.

“Nós precisamos acabar com a criminalidade, coibir o tráfico de drogas e reprimir os assaltos a bancos, a pedestres, a residências e o abigeato. Os bandidos estão roubando até caminhão de fumo. Ninguém se sente seguro”, afirmou Pedro Pereira. 

Na oportunidade, o parlamentar reforçou o pedido através de um ofício entregue ao vice-governador.

“Nós estamos realizando um levantamento na região e mapeando todos os municípios. Em agosto devem se formar mais dois mil soldados. Iremos reforçar o efetivo no município e em todo o Estado”, garantiu o vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior.

Continue Lendo

Destaques da Semana

Copyright © 2019 — Jornal Canguçu Notícia LTDA